Futuro

A obtenção de energia térmica a partir de eletrólise convencional da água hoje não é algo economicamente interessante, porém a proposta do hidroxi ou gás de Brown introduz uma grande inovação, as propriedades inéditas da chama (plasma) produzida por este gás... Inicialmente as pesquisas foram feitas usando "força bruta" ao se aplicar corrente contínua na célula onde ocorre a eletrólise, o que em si já oferece vantagens importantes. Porém, já existem relatos em que se usou corrente pulsada (não alternada) e assim obtém-se um tipo de ressonância nas moléculas de água dentro da célula o que reduz drasticamente a quantidade de energia para separar o hidrogênio do oxigênio. Com isso torna-se possível usar uma simples célula solar, por exemplo, para produzir grandes quantidades de hidroxi, algo como 4 litros por minuto de hidroxi com 0,008 amperes de corrente !! Uma consequência disso é que se poderá dispensar o uso de hidrocarbonetos como fonte de energia e mover todos os processos térmicos para o uso exclusivo de energia solar...


Muito já perceberam e propagam a ideia de que a economia do futuro dará grande ênfase ao hidrogênio. Nós entendemos que essas estimativas foram feitas por pessoas que ainda não conhecem os potencias do gás hidroxi, pois este sim oferece soluções para todos os contextos industriais, logísticos, domésticos, etc com inúmeras vantagens técnicas, econômicas, de segurança, etc.


ign="top">